CRN-7 apoia a campanha de conscientização sobre o câncer de mama


Você está em - Home - Noticias - CRN-7 apoia a campanha de conscientização sobre o câncer de mama

 

CRN-7 apoia a campanha de conscientização sobre o câncer de mama

 

Na década de 1990, nasce o movimento conhecido como Outubro Rosa, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.  A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a doença. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

A prevenção do câncer de mama não é totalmente possível em função da multiplicidade de fatores relacionados ao surgimento da doença e ao fato de vários deles não serem modificáveis. De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores, especificamente aqueles considerados  modificáveis. Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama.

A dieta tem sido postulada como um fator de risco significativo para o desenvolvimento do câncer, os constituintes da dieta mais abordados na associação com o câncer de mama são os carboidratos, a gordura, as vitaminas e os sais minerais. Nas últimas décadas, os alimentos industrializados têm recebido uma carga extra de gordura, aumentando seu valor calórico e tornando-o mais saboroso. Como consequência, tem havido um aumento na ingestão de alimentos altamente calóricos.

Controlar o peso corporal e evitar a obesidade, por meio da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas são recomendações básicas para prevenir o câncer de mama. Existem evidências científicas para propor a redução do peso como uma estratégia para a prevenção do câncer de mama. A redução de massa corpórea diminui a produção de estrogênio, principalmente em mulheres após menopausa, por diminuição da aromatização. Os fitoestrogênios foram também apontados como substancias protetoras contra o câncer de mama, principalmente por evidências epidemiológicas que mostram que os asiáticos apresentam uma baixa incidência de câncer de mama.

Os nutricionistas têm um importante papel na prevenção e tratamento do câncer ao promover uma alimentação adequada e saudável.

Fonte: INCA, 2016; CHAGAS et al, 2011; SANTANA, 2015.